Advogadas estão entre alvos de operação com mais de 40 presos no Ceará - De Olho na Cidade 24hs

Breaking

De Olho na Cidade 24hs

Notícias de Sobral, Ceará, Brasil e Mundo

test banner

Post Top Ad

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

terça-feira, 5 de setembro de 2023

Advogadas estão entre alvos de operação com mais de 40 presos no Ceará

              foto: Reprodução 

Uma das profissionais era envolvida com o tráfico de drogas e a outra repassava informações a criminosos.

Pelo menos três advogadas estão entre os alvos da operação da Polícia Civil realizada na manhã desta terça-feira (5), que levou a prisão de 44 membros de facções criminosas envolvidos em crimes como tráfico de drogas, homicídios, roubo, distribuição e venda de arma de fogo e lavagem de dinheiro no Ceará.

Ao todo 131 mandados judiciais cumpridos, sendo 74 de prisão, 56 de busca e apreensão e uma condução coercitiva. As ações ocorreram em Fortaleza, Maracanaú, Caucaia, São Gonçalo do Amarante e Teresina (PI).

Além das prisões, 17 imóveis foram retirados da propriedade dos suspeitos, e armas e drogas foram apreendidas.

Entre os presos, 22 foram capturados em diversos bairros de Fortaleza e da Região Metropolitana. Outras 18 pessoas, que já estavam presas, tiveram decisões judiciais cumpridas contra elas.

A ofensiva foi resultado de uma investigação que começou há dois anos e identificou a atuação de membros de três grupos criminosos que agiam no Estado.

Conforme a Polícia Civil, uma das advogadas presa era esposa de um dos líderes de uma facção, outra já estava detida no sistema prisional e uma terceira foi conduzida coercitivamente e será monitorada por tornozeleira eletrônica.

Segundo as investigações, uma advogada tinha envolvimento direto com as atividades do tráfico de drogas e a outra profissional desempenhava o papel de repassar informações e atuar na soltura de comparsas.

A ação faz parte da quinta fase da Operação Profilaxia, "uma das maiores operações do estado do Ceará", conforme a Secretaria da Segurança Pública, que está na quarta fase.

Para o delegado titular da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas (Draco), Alisson Gomes, o foco é desmembrar grupos que atuam em vários municípios do Ceará.

"Nosso foco é dar um baque tanto na logística como no financeiro dos grupos criminosos que atuam no município de Caucaia, mesmo os que estão residindo em outros municípios", disse o delegado Alisson Gomes.

Fonte: G1/CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here