Prefeitura de Sobral prorroga a intervenção na Santa Casa de Misericórdia de Sobral por mais 18 - De Olho na Cidade 24hs

Breaking

De Olho na Cidade 24hs

Notícias de Sobral, Ceará, Brasil e Mundo

test banner

Post Top Ad

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sábado, 2 de setembro de 2023

Prefeitura de Sobral prorroga a intervenção na Santa Casa de Misericórdia de Sobral por mais 18


O prefeito de Sobral, Ivo Gomes, anunciou na sexta-feira (01/09) a decisão de prorrogar a intervenção na Santa Casa de Misericórdia de Sobral. O decreto, assinado pelo gestor, estende a intervenção por mais 18 meses, até o dia 31 de março de 2025.

A intervenção, iniciada em setembro de 2022, teve como objetivo reativar os serviços suspensos e enfrentar diversos desafios que afetavam a instituição de saúde, comprometendo a população mais carente de Sobral e de dezenas de municípios vizinhos que dependem diretamente dos serviços ofertados pelo hospital.

Desde então, a nova gestão, em conjunto com a auditoria da Controladoria Geral do Município (CGM), identificou uma série de questões, incluindo serviços precários, problemas financeiros e estruturais.

Durante esse período, também foi descoberto que a Santa Casa havia realizado empréstimos substanciais para suas instituições filiais, totalizando R$ 9.432.909,75 em 2021.

Um dos principais problemas identificados foi o não cumprimento das metas pactuadas no plano operativo, o que levou ao declínio da administração hospitalar. Serviços essenciais, como oncologia e exames de mamografia, eletroencefalograma e eletroneuromiografia, foram impactados pela falta de conformidade com essas metas.

Para lidar com esses desafios, a gestão interventora desenvolveu um plano estratégico que priorizou a recuperação de serviços comprometidos, incluindo a reabilitação da credibilidade junto aos fornecedores de materiais hospitalares e medicamentos.

Setores do hospital com estruturas insalubres e abandonadas foram revitalizados e reformados, com ênfase nas áreas de maior risco. Além disso, a intervenção visa restaurar e expandir os serviços de saúde, com foco na triagem oncológica e cirurgias oncológicas.

Para resolver questões relacionadas à Terapia Renal Substitutiva e à fila de espera crônica de pacientes, a gestão interventora alugou mais equipamentos para eliminar a fila de espera.

Desde o início da intervenção, várias melhorias já foram alcançadas, incluindo a retomada do atendimento médico em oncologia, a reestruturação de insumos e a reabertura de serviços como ultrassonografia e eletroencefalograma para pacientes externos. Outras ações incluem a substituição de equipamentos médicos, reformas em várias áreas do hospital e a reabertura de serviços urológicos e cirurgias eletivas em várias especialidades.

Além disso, a Santa Casa firmou um contrato com a Secretaria de Saúde do Estado para reduzir a fila de espera por cirurgias eletivas, com uma projeção de 873 cirurgias até agosto de 2024, sendo 229 de ginecologia, nefrologia e urologia, 377 de traumato-ortopedia e 267 de cirurgia geral.

(O Povo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here