SUSPEITOS de assassinato de sargento da PM são identificados; um morto e outro preso - De Olho na Cidade 24hs

Breaking

De Olho na Cidade 24hs

Notícias de Sobral, Ceará, Brasil e Mundo

test banner

Post Top Ad

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quarta-feira, 12 de junho de 2024

SUSPEITOS de assassinato de sargento da PM são identificados; um morto e outro preso

                 FOTO: REPRODUÇÃO 

Ação rápida da polícia identifica quatro suspeitos; dois seguem foragidos após latrocínio.
O sargento da Polícia Militar, Flávio Rodrigues, foi morto a tiros na noite desta segunda-feira, 10, durante uma tentativa de assalto na Rua Raimundo Pinheiro Bastos, bairro Quintino Cunha, em Fortaleza. Segundo testemunhas e imagens de câmeras de segurança, a vítima estava em seu veículo prata quando foi interceptado por criminosos em um carro preto. Ao reagir a abordagem, Flávio foi atingido por tiros. Mesmo ferido, tentou escapar recuando com seu veículo, mas parou próximo a uma calçada. Os criminosos fugiram do local. Flávio Rodrigues foi socorrido e levado para atendimento médico, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. Este incidente eleva para onze o número de agentes de segurança assassinados este ano.

Atualização:

Quatro suspeitas do assassinato do sargento Flávio Rodrigues (CPRaio) foram identificadas rapidamente por uma ação conjunta da Coin/SSPDS, PMCE, PCCE e Ciopaer. Um foi preso em flagrante, outro morreu em confronto com a polícia, e dois continuam foragidos.

Três suspeitos usavam tornozeleiras eletrônicas e têm antecedentes de homicídio, roubo e tráfico de drogas. Um deles, Anderson Ismael Andrade Soares, de 19 anos, procurado, já cometeu quando adolescente atos infracionais graves.. Outro, Davi Sampaio Soares, de 20 anos, também está sendo procurado.

 CÁ PRA NÓS: A violência crescente no país revela a fragilidade das medidas de segurança, como o uso de tornozeleiras eletrônicas. Esses dispositivos, embora úteis para monitorar violações, muitas vezes falham na prevenção de novos crimes. O caso dos suspeitos no assassinato do sargento Flávio Rodrigues, onde três estavam monitorados por tornozeleiras, evidencia a ineficácia desse sistema isoladamente. É crucial compensar e fortalecer as estratégias de segurança pública, combinando com ações efetivas de prevenção e repressão ao crime, para garantir a proteção da sociedade.

(Blog César Wagner)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here