Adolescente morre baleado na Baixada, Rio de Janeiro. - De Olho na Cidade 24hs

Breaking

De Olho na Cidade 24hs

Notícias de Sobral, Ceará, Brasil e Mundo

test banner

Post Top Ad

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

segunda-feira, 2 de janeiro de 2023

Adolescente morre baleado na Baixada, Rio de Janeiro.

fonte: G1


A Polícia Civil investiga a morte de Juan Davi de Souza Faria, de 11 anos. Ele morreu após ser baleado na madrugada deste domingo (1º) em Mesquita, Baixada Fluminense.

Um primo de Juan Davi, que foi atingido por uma bala perdida nos primeiros minutos de 2023, postou a última foto do adolescente ainda vivo, pouco antes da virada do ano. Nas redes sociais, Saulo Santos lamentou a morte do familiar. "Não acredito na sua ida para o céu", diz ele em um trecho.

"Não consigo acreditar. Você estava vivo às 23h59; à 0h05, morto por uma bala perdida. Esse mundo é muito cruel. Te amarei na eternidade", lamenta Saulo.

"Ontem você estava vivo nesse horário, comendo, dançando, rindo; hoje você está morto por uma bala perdida. Por quê? Meu primo, eu te amo", completa ele em outra postagem.

De acordo com testemunhas, o menino estava em uma cadeira assistindo aos fogos quando foi atingido. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense investiga ele foi morto por um tiro disparado durante a comemoração do réveillon em Mesquita, na Baixada Fluminense.



A tia do menino, Adriana, conta que ele era filho único e diz que a família está muito abalada.

"Imagina a nossa dor, ele era filho único, minha irmã está sem condições. Dói muito", afirma ela.

Segundo informações da Polícia Militar, uma equipe de policiais do 20º BPM (Mesquita) foi acionada para verificar a entrada de uma vítima de disparo de arma de fogo na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Edson Passos.

Na unidade, os PMs foram informados que a vítima, um adolescente, não resistiu. A ocorrência foi encaminhada à 53ª DP (Mesquita) e, posteriormente, à Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

A Polícia Civil informou que agentes ouvem testemunhas e realizam outras diligências para apurar a autoria do disparo.


Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here