Após atirar em filha, pai afirmou: “A culpa é da sua mãe" - De Olho na Cidade 24hs

Breaking

De Olho na Cidade 24hs

Notícias de Sobral, Ceará, Brasil e Mundo

test banner

Post Top Ad

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sexta-feira, 6 de outubro de 2023

Após atirar em filha, pai afirmou: “A culpa é da sua mãe"

              Foto:   ilustrativa 

Após atirar contra a própria filha de 18 anos, na tarde desta quinta-feira (5/10), em Taguatinga, Geraldo Jorge de Oliveira, 48 anos, teria se aproximado da vítima e dito que “a culpa é da sua mãe”.

A informação foi passada à polícia pela cunhada da jovem, que estava perto dela no momento do atentado.

A testemunha relatou que entrava em um carro na companhia do namorado e da irmã dele, ambos filhos de Geraldo, quando o crime aconteceu. Na ocasião, os três tentavam deixar a casa da família, por medo do comportamento do homem.

Na data da tentativa de feminicídio, Geraldo havia consumido bebida alcoólica, brigado com a esposa e a ameaçado de morte. Horas após a companheira sair de casa, o investigado tentou matar a filha.

Conforme depoimentos, o suspeito era agressivo com a família e “frequentemente ofendia” a esposa e a filha. Inclusive, dizia que se a jovem não saísse da casa onde morava com os pais, a mataria.

Geraldo declarava, ainda, que a filha era “puta e piranha”, assim como a mãe dela –essa última, companheira do investigado–, e ameaçava matar a menina em diversas outras ocasiões.

Nesse quinta-feira (5), Geraldo alvejou a filha caçula com dois tiros no abdômen e um no tórax . Levada para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT), a jovem passou por cirurgia de risco.

Após o crime, Geraldo fugiu. Até a última atualização desta reportagem ele ainda não havia sido preso.

De acordo com o delegado Josué Pinheiro, da 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro), na semana passada a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) fez um flagrante na casa do homem e apreendeu um fuzil, que estava no nome da esposa de Geraldo. Ela é registrada como Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador (CAC).

Pai violento

A arma de grosso calibre e outros arsenais foram encontrados na residência, algumas com numeração raspada. Um dos irmãos da vítima foi levado à delegacia para prestar esclarecimentos.

Segundo as informações da polícia, Geraldo faz uso de entorpecentes e é um homem violento. Recentemente, o suspeito quebrou dois dedos da mão direita do filho, de 20 anos. Conforme relatou o jovem à polícia, as fraturas foram causadas pelo pai dos jovens recentemente, durante um “surto sem motivo aparente”.

Segundo o rapaz, Geraldo faz uso “abusivo de bebida alcoólica” e fica “agressivo” quando ingere a substância. Inclusive, de acordo com o depoimento, o investigado tem o costume de quebrar objetos da residência onde mora com a família durante os tais surtos.

O caso é investigado pela 12ª Delegacia de Polícia.

Metrópoles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here