Lídia Pires Ferreira morreu poucos meses depois que sua mãe também faleceu. - De Olho na Cidade 24hs

Breaking

De Olho na Cidade 24hs

Notícias de Sobral, Ceará, Brasil e Mundo

test banner

Post Top Ad

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

terça-feira, 3 de outubro de 2023

Lídia Pires Ferreira morreu poucos meses depois que sua mãe também faleceu.

                  FOTO:  REPRODUÇÃO 

A dentista Lídia Pires Ferreira, de 32 anos, morreu após ser esmagada por um cavalo enquanto treinava para uma competição de hipismo. O caso aconteceu em Sobradinho II, no Distrito Federal.

O irmão de Lídia, o pastor David Ferreira, compartilhou a notícia do falecimento nas redes sociais. Abalado, David contou que a irmã morreu poucos meses depois que a mãe dos dois também faleceu.

“Infelizmente, minha irmã faleceu. Ela fazia hipismo, esporte dela, que ela gostava. Teria uma prova semana que vem, essa manhã ela foi treinar, e, infelizmente, o cavalo caiu em cima dela e foi fatal. Tá difícil… há poucos meses que Deus levou minha mãe

Segundo a Polícia Civil do DF, Lídia caiu de cima do cavalo e veio a óbito. A morte foi constatada pelo Corpo de Bombeiros ainda no local do acidente. A 35ª Delegacia de Polícia investiga o ocorrido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here